Sobre ser irmã quando um irmão está à caminho

No alto das 34 semanas de gestação do trifilho, o Benício, venho pensando muito sobre a relação e a reação das trifilhas (Sofia e Marta) sobre todo esse processo. Algumas mudanças já aconteceram: invertemos os quartos, reorganizamos a disposição dos móveis, roupas, brinquedos para criar o espaço para o irmão que está à caminho. As mudanças físicas ainda não estão 100% , logo estará.

Para a Sofia as mudanças começaram, fazem dois meses: está frequentando a escola somente no turno da tarde. Isso veio na tentativa de começar a modificar a rotina considerando que ano que vem estará no primeiro ano e terá de acostumar-se com um turno “livre”. Além disso, pensamos que poderia ser bom para ela retomar um pouco do protagonismo de “filha única” antes do irmão chegar. Por fim, há intenção de matricula-la em alguma atividade extra-classe. Ela vem curtindo bastante essa nova rotina.

Para Marta, a ida para a escola sem a companhia da irmã pela manhã está sendo bem encarada, dá tchau para a “So So”, fica muito contente quando é levada somente por um de nós (o protagonismo alcançado!) e chega na escola muito motivada (isso não mudou, sempre gostou muito). IMG_6455Somando estas duas mudanças, aparentemente parece que tudo vai seguindo seu rumo, mas não. Sofia tem se mostrado irritadiça com tudo: cai um lápis que está desenhando no chão, chora, esperneia, reclama. Com os brinquedos não cede NADA para a Marta e de preferência quer tudo que ela pega. Já a Marta está terrivelmente implicante, puxa tudo que a Sofia tem nas mãos, quando a Sofia retoma ela vem reclamar como se fosse a vítima, joga brinquedos/comida/livro/qualquer coisa no chão quando contrariada. Sem deixar de mencionar que a triMarta está no auge de seus dois terríveis anos com tudo que tem direito (de livro): birra, se atira no chão, grita, chora, autosuficiente e independente mesmo quando não tem destreza para tal (quer servir suco no copo sozinha, tomar em copo de vidro, colocar a roupa), e sempre que contrariada a revolução toma conta.

Vendo tudo isso, tento entender que cada uma delas, além de seu momento evolutivo, está tentando dar conta de todas estas mudanças que não são só físicas e de rotina, são de território: o território da atenção de mãe e pai dividido por três.

Sofia está passando pelas despedidas da pré-escola, ansiedade pelo primeiro ano, vontade incessante de aprender a ler. Marta está conquistando a “independência”, se despedindo da vida de bebê, descobrindo a brincadeira com o outro. Ambas demonstram carinho pelo triirmão, Sofia especialmente beija muito a barriga, Marta tem momentos que passa a mão, tem outros que esquece que ali tem bebê e se atira em cima de mim com tudo. Até que esse Benício se materialize elas vão ficar, cada uma do seu jeito, tentando esticar a corda para o seu lado, tipo cabo de guerra.IMG_7114Os momentos que elas brincam sozinhas, dão risadas, compartilham, acontecem. Isso nos deixa tranquilos que não é só de briga e batalha por atenção que elas vivem. Toda essa função nos exige demais, uma sensação que sempre temos que fazer mais, que elas precisam de mais atenção, que é inesgotável. A estratégia tem sido momentos a sós, especiais com cada uma, fazendo coisas para que elas se sintam “únicas” misturado com momentos em família, mostrando que a atenção deve e será sempre dividida.

A única questão nisso tudo é que estou de “pseudo” repouso já que o trifilho está dando sinais de chegar adiantado. O desafio agora é fazer que entendam, embora não pareça para elas, que neste momento tenho limitações físicas. Eis o grande desafio: repousar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s